•  contato@vistavip.com.br
  • +55 (68) 9.9247-2017

Administrador

Administrador

Administrador

Sua empresa destaque na WEB

URL do site: http://vistavip.com.br
Segunda, 06 Julho 2020

Aidentidade visualidade visual de uma empresa é o primeiro impacto para o cliente, sendo que ele nem mesmo sabe o que é uma identidade visual. O cliente é atraído pelo conceito de cores e formas do seu site e dos impressos criando na sua mente um espaço especial para a empresa visualizada. Sim, marketing e psicologia andam de mãos dadas e dão resultado!

PORQUE INVESTIR EM IDENTIDADE VISUAL?

Listamos abaixo 5 motivos para a sua empresa investir em identidade visual e tornar a sua marca a mais importante do seu segmento:

1 – ATRAÇÃO

A primeira impressão é a que fica! Um cliente vai procurar em uma empresa algo que chame a sua atenção, logo, organização visual é fundamental para que ele tome a primeira decisão de continuar pesquisando sobre a sua empresa.

2 – COERÊNCIA DE IDÉIAS

Quando a sua empresa tem uma identidade visual organizada e chamativa, o cliente passa a ter confiança na sua marca. Porque se a sua empresa está o tempo todo presente na ação de compra, o cliente se sente amparado pela sua marca.

3 – A CONCORRÊNCIA NÃO FAZ

Na maioria dos casos, a concorrência não dá a devida atenção para a identidade visual. Veja o site dos seus concorrentes e pergunte-se: Este site chama mais a atenção que o meu? Se a resposta for positiva, está na hora de contratar uma agência e fazer melhor. A concorrência que se reinvente!

4 – É RÁPIDO

Todo o processo de criação de identidade visual depende inicialmente do logotipo, daí partimos para os impressos que são definidos pela empresa e agência. Portanto o processo todo pode durar de 20 a 30 dias para que a identidade visual da empresa esteja de acordo com o contrato. Lembrando que o processo é variável conforme a aprovação e alteração da empresa.

5 – MAIS CLIENTES

A sua empresa ganha mais clientes por diversos motivos, um deles é justamente a credibilidade que um site com uma boa identidade visual passa. Assim o cliente que gostou do seu site comenta com outras pessoas que estejam interessadas, afinal, clientes satisfeitos geram novos clientes.

Nunca o marketing foi tão importante para a sua empresa como é hoje. Em tempos de crise, o destaque é a melhor saída, portanto destaque-se da maioria, seja o melhor tanto no visual quanto no conteúdo e não sofra com a crise econômica.

Caso essas informações tenham ajudado, compartilhe nas suas redes sociais, porque você pode ajudar outras pessoas também. 

Segunda, 06 Julho 2020

A identidade visual corporativa é um dos componentes mais importantes da comunicação com seu público.

É ela quem define todo conjunto de regras, de posturas de linguagem e abordagens visuais, assim como todos os elementos que fazem os clientes reconhecerem a sua marca.

E isso vai muito além da criação da logomarca, inclui cores, tipografias, texturas, formas, estilos de ilustrações e imagens e muitos outros itens.

Quem não reconhece o tom alaranjado das imagens do Itaú? E, só para ser bem objetivo, existe até um tom de vermelho que recebeu o nome de uma marca: o vermelho Ferrari.

E, para fechar os exemplos: qual é a marca das 3 listras paralelas? Adidas, claro! As 3 listras são parte de sua identidade visual corporativa, mesmo sem o nome ou o logo ao lado.

Com estes exemplos, se percebe a importância deste conjunto de elementos para formar a imagem da marca de sua empresa.

Aliás, a Adidas foi uma das marcas que mudou radicalmente sua identidade visual e logo (manteve as 3 listras, mas mudou todo conceito).

Vamos entender, em seguida, porque uma marca deve mudar sua identidade visual. Confira.

Identidade visual corporativa: nada é para sempre

Não estamos querendo dizer que todas as marcas devem mudar sua identidade visual de tempos em tempos. Algumas nunca fazem isso, pelo menos não de forma muito perceptível ou radical.

É preciso se adequar ao tempo e à seu público. O jeito das pessoas pensarem muda, suas necessidades também e, com isso, a forma de enxergarem sua marca também muda.

E se sua empresa quer atender as necessidades do consumidor, precisa ser entendida da forma correta por ele.

Uma marca que mudou pouquíssimo, talvez nada, desde sua criação foi o icônico coelhinho da Playboy. Mas qual outra podemos apontar que seguiu o mesmo caminho e nunca mudou sua identidade visual corporativa? Poucas.

O que podemos dizer é que o motivo principal para uma marca mudar sua identidade é para ajustar seu posicionamento diante do público.

Por exemplo: com a mudança da composição etária da população brasileira (com cada vez menos crianças), o McDonald´s praticamente abandonou seu palhaço Ronald e tem optado por uma comunicação focada em jovens adultos.

Mas como saber se é hora de mudar a identidade visual corporativa, criar um logo novo ou ao menos renovar sua marca?

10 motivos para PENSAR em repaginar a identidade visual

  1. Mudança no posicionamento da empresa
  2. Desenvolvimento de novas linhas de produtos
  3. Aquisição de novas unidades de negócios
  4. Ter sido adquirida por outra empresa
  5. Ampliação da área geográfica de atuação
  6. Mudança do comportamento do público-alvo
  7. Mudança da pirâmide etária do país de atuação
  8. Utilização de novas tecnologias
  9. Adoção de novos processos de produção
  10. Abertura do capital social

Estes são alguns motivos para investigar a possibilidade e a pertinência de se mudar a identidade visual corporativa de uma empresa. Nem sempre isso será obrigatório, mas deve ser estudado.

Consulte a vistavip e faça o seu site/lojas agora mesmo,

Ligue 

wattas SP     (11) 9.6523-6281

 tel(  ACRE 68) 9.9247-2017

Segunda, 06 Julho 2020

Criamos Sites e portais Institucionais profissionais e completos, otimizados para google, uma excelente opção para divulgar e impulsionar o seu negócio.

Segunda, 06 Julho 2020

Site com layout moderno e com recursos avançados, ideal para imobiliárias e corretores de imóveis que precisam de um site bonito e com ferramentas que auxiliam na gestão dos imóveis, controle do atendimento ao cliente e captação de novos clientes.

Quarta, 01 Julho 2020

Site Para Políticos – Promova sua imagem na Internet e aumente sua popularidade com o seu eleitor.

Quarta, 28 Outubro 2015

Não adiante somente ter o melhor produto e preço, sua empresa vai concorrer com grandes e vai ser muito mais difícil ter sucesso caso não esteja preparada para vender online via site/Lojas virtuais, midias sociais e uma boa divulgação, com uma empresa e profissionais qualificados, é ai que a Vistavip entra. .

Quarta, 28 Outubro 2015

Se você conseguir se especializar, ser um bom fornecedor de um tipo específico de autopeças, muito provavelmente você vai ter muito sucesso. Agora se você for vender peças que todos vendem, peças padrão  de fábrica ou peças genéricas, você vai concorrer com grandes e vai ser muito mais difícil ter sucesso. Hoje em dia tem um mercado muito grande de empresas vendendo peças online então,

Quarta, 28 Outubro 2015

Somos uma agência digital reconhecida por soluções de baixo custo, com conteúdo totalmente profissional para pequenas e médias empresas, que geram resultados reais, trazendo novas maneiras de entender o Digital na linguagem em que a rede quer receber. Criar site para pet shop, é uma excelente opção para divulgar e impulsionar o seu negócio.

Terça, 27 Outubro 2015

De repente, estamos vivendo um novo normal. No Brasil e no mundo, a pandemia do coronavírus nos colocou diante de uma realidade diferente, nos forçando a adaptar hábitos do cotidiano e buscar outras formas de trabalhar, de se comunicar e até mesmo de se divertir.

Cada vez mais a tecnologia tem sido fundamental na vida das pessoas, as auxiliando na adaptação a essa nova situação. Afinal, é por meio de soluções tecnológicas que as pessoas têm conseguido manter contato com amigos e familiares, acessar conteúdos de seu interesse, fazer pedidos de entregas de restaurantes e supermercados etc. Por exemplo, nos países mais afetados pelo vírus, as chamadas de voz e vídeo no WhatsApp e no Facebook Messenger mais do que dobraram. No Brasil, a audiência de lives no Instagram dobraram no último mês.

 

As pessoas também estão mudando seus comportamentos. Uma pesquisa encomendada pelo Facebook IQ ao Ibope Inteligência nos mostrou que 28% das pessoas no Brasil já estão fazendo mais compras online desde o início da pandemia. Ou seja, os planejamentos das empresas, que foram pensados antes da Covid-19, já não são apropriados no contexto atual e nem serão para o cenário pós-crise, com consolidação de comportamentos.

Essa mudança brusca trouxe, portanto, um impacto significativo para os negócios. Se, antes, para algumas empresas e indústrias, a digitalização era uma vantagem, agora ela é essencial. Muitas empresas ainda estão no início da jornada de digitalização e agora se veem forçadas a acelerar esse processo e a testar ideias. Todos estamos aprendendo e ainda construindo as melhores práticas. O que já era verdade antes da pandemia e continua a valer é que quanto mais prestarmos atenção aos motivos que as pessoas estão mudando seu comportamento, mais condições teremos de atendê-las.

Para citar dois exemplos de setores que historicamente têm um negócio mais centrado no mundo off-line, temos visto montadoras de veículos e academias de ginástica buscando soluções criativas para se aproximar de consumidores e alunos, respectivamente, durante a quarentena. No primeiro caso, conectando potenciais compradores de carros a vendedores de concessionárias mais próximas de sua localidade a partir do WhatsApp. No segundo caso, com o uso de transmissões ao vivo de aulas de dança, spinning e outras atividades físicas.

Essas experiências digitais vão fortalecer os negócios não só em tempos de crise, mas também quando a pandemia passar. Eu tenho conversado, por chamadas de áudio e videoconferência, com executivos e empresários com muito mais frequência do que antes. Temos debatido como melhor navegar em um ambiente ainda repleto de incertezas, mas com alguns claros imperativos como o de definir e executar planos de aceleração digital.

**Crédito da imagem no topo: Koto feja/iStock

Terça, 27 Outubro 2015

Pandemia quase dobra número de lojas virtuais no Brasil e faturamento cresce

Medidas de isolamento e distanciamento social mudaram também as dinâmicas de consumo no país, que viu crescer vertiginosamente o setor de vendas on-line. Números da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) mostram que, desde o início da pandemia, 107 mil lojas aderiram à venda on-line de seus produtos, o que fez o número desse tipo de negócio quase dobrar no período, passando de 135 mil lojas ativas para 242 mil. Antes da pandemia, a média de crescimento era de 10 mil novas lojas por mês.

 

Os setores que mais elevaram sua presença no comércio digital são os de Moda, Alimentos e Serviços. O e-commerce como um todo registrou mais de 50% de crescimento entre março e maio, após o início da pandemia. A projeção de ganhos para o Dia dos Namorados, por exemplo, era de R$ 2,9 bilhões entre 25 de maio e 12 de junho, que representa um aumento de 18% em relação ao mesmo período de 2019. Embora ainda não tenham fechado os números, a ABComm assegura que o aumento vai continuar na casa dos dois dígitos.

Outros setores que se destacaram na pandemia, segundo Maurício Salvador, presidente da ABComm, foram os de Esporte e Lazer e Brinquedos e Games, o que, de acordo com ele, aconteceu "pela necessidade de as pessoas em casa realizarem atividades físicas e adquirirem brinquedos para as crianças também em casa que estão sem aula", detalha.

O cenário da pandemia adiantou os planos de Rafaela Alcântara, de 39 anos, que pretendia montar a loja on-line só daqui dois anos. Dona de uma loja de moda íntima há 10 anos, a empresária se viu obrigada a buscar formas de não perder tanto faturamento enquanto o ponto físico não puder voltar, e acabou surpreendida com os resultados. "Intensificamos nosso trabalho nas redes sociais e contamos com clientes antigos que migraram suas compras para o on-line. Esse modelo acabou superando minhas expectativas e com certeza vou continuar com as duas lojas [física e virtual] quando tudo voltar ao normal", explica.

Sócia de uma loja de lingeries que já trabalhava on-line, Débora Matias Marzano, de 33 anos, viu as vendas serem alavancadas com o processo de isolamento social. Nos primeiros meses, ela conta que os clientes estavam mais tímidos e não compravam tanto, mas os meses de maio e junho foram altamente positivos para a comerciante. "No mês de junho, sempre temos uma coleção de Dia dos Namorados, e neste ano fizemos um pedido com base no que vendemos em 2019, mas percebemos na última semana um aumento de pedidos que acabou com nosso estoque, foi um crescimento de cerca de 50% em comparação ao ano passado", comemora.

Entre os consumidores, Salvador afirma que mais de 2 milhões de novos compradores de comércios on-line foram registrados no período. Uma pesquisa do Facebook também aponta esse novo hábito, mostrando que 30% dos entrevistados pela plataforma passaram a comprar mais on-line. "É claro que com a abertura, o número não será tão volumoso, mas os números devem continuar positivos mesmo após esse período", compreende Salvador.

O presidente da associação acredita que o legado do comércio digital mesmo após a pandemia vai ser positivo e o setor deve manter sua força. "Dessas novas, uma boa parte vai continuar no digital, mesmo passada a pandemia, e isso cria mais concorrência e gera a necessidade das empresas se qualificarem mais", opina.

 

Postagens Populares

Testemuhos de Cientes